Artigos

Aqui você encontra diversos artigos sobre a EFT. Navegue para conhecer a técnica e entender como ela pode ajudar você a encontrar a liberdade emocional.

Selecione um assunto:







“Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.” Roberta Dias Entrevista Fabiana Santos | Bem Resolvida no Amor | Vídeo #5

Onde você quer chegar? Já parou pra pensar nisso??

Quando eu era criança eu adorava praticamente todos os desenhos de menininha da Disney.

*-* Eu sempre achei que eles possuem um misticismo até difícil de se explicar…

Engraçado como eles (os desenhos) sempre possuem algumas mensagens embutidas que,

por muitas vezes passam despercebidas aos nossos olhos…

Como é o caso do desenho Alice no País das Maravilhas.

Em um determinado momento do desenho, Alice se encontra com um gato e passam a ter um
diálogo, mais ou menos assim:


Alice:
“Você pode me ajudar?”

Gato: “Sim, pois não.”
Alice: “Para onde vai essa estrada?”
Gato: “Depende… Para onde você quer ir?”
Alice: “Eu não sei, estou perdida.”
Gato: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.”

 

Assim como a Alice, quantas mulheres e homens não sabem para onde estão indo e nem onde querem chegar?

Sejam em suas relações profissionais, familiares ou afetivas…

Consequentemente essas pessoas também não sabem qual caminho seguir…

Eu me lembrei dessa passagem do desenho enquanto entrevistava a Fabiana Santos nesse vídeo.

Esse é sem dúvida um dos vídeos mais didáticos que eu já vi, onde alguém explica com muita
facilidade o que é uma crença negativa e como elas te atrapalham a alcançar os seus objetivos na vida.

 

Demais! Simplesmente show esse bate-papo com a Fabiana.

 

A Fabiana Santos é coach mas também usa várias outras ferramentas pra levar pessoas do ponto Apara o ponto B. Mas para que isso aconteça, nesse processo a pessoa precisa saber muito claramente onde ela está (ponto A) e onde ela quer chegar (ponto B).

Se as suas relações amorosas e os seus relacionamentos de modo geral com as pessoas
em sua vida não vão bem, se eles não são saudáveis ou te causam tristeza de algum
modo e você deseja mudar isso, então você já sabe onde está (esse é o seu ponto A).

Agora, se você quer ver a sua vida transformada, se você quer ver mudanças positivas nas suas
relações amorosas e com as pessoas ao seu redor, então você precisa ter muito claro em sua mente
onde você quer chegar (ponto B).

Você já tem noção disso para a sua vida? E para os seus relacionamentos???

 

Depois de assistir a essa entrevista com a Fabiana Santos tudo vai ficar mais claro pra você.

 

Esse vídeo é muito esclarecedor e vai te abrir os olhos para como e porque você não consegue
atingir os seus objetivos na sua vida; o que têm te atrapalhado e te impedido de progredir, de
vivenciar coisas boas em sua vida e, principalmente, em suas relações amorosas…

Vamos lá dar um novo rumo em sua vida amorosa?

Como?

Defina: O que você quer conquistar? (onde você quer chegar)
Defina: Como quer conquistar? (como você quer fazer isso)
Defina: Quando quer conquistar? (em quanto tempo)

O fato de desconhecer ou acreditar que as crenças limitantes não existem ou que
você não tem disso, é na verdade um dos pontos mais críticos em toda a sua jornada…

É crucial compreender isso para viver uma vida melhor. Lembre-se…

“Para quem não sabe
para onde vai, qualquer caminho serve.”


Roberta Dias Entrevista Meire Yamaguchi | Bem Resolvida no Amor | Vídeo #4

Mais uma entrevista saindo do forno quentinha,
e a receita de hoje vem lá da Suíça 😉

Brincadeiras a parte, na entrevista de
hoje eu trouxe a Meire Yamaguchi pra falar pra você.

(Não interessa se você tem sucesso ou é fracassada
no amor, saiba o que o seu pai tem a ver com isso neste vídeo)

A Meire mora na Suíça e trabalha com EFT há 10 anos.
Quando eu perguntei pra Meire como ela usa a EFT no próprio
relacionamento eu me surpreendi com a visão e sabedoria
que ela imprime na vida amorosa dela mesma.

É incrível o discernimento que ela tem das
coisas; se toda mulher tivesse um pouco disso…

A Meire conseguiu perceber (inclusive com os
clientes dela) que todo conflito em um relacionamento vem de
uma exigência interna que nós temos de que o outro se adapte a
um problema que é nosso. E faz todo sentido, já
parou pra pensar nisso?

Quando você discute com o seu parceiro, normalmente
a discussão começa por que você quer que algo seja de
determinada maneira, mas quando você não consegue isso da
outra pessoa, a nossa reação automática é contra-atacar.
E isso é péssimo para a boa manutenção dos nossos relacionamentos.

Se você também tem feridas emocionais, veja neste
vídeo como nem tudo está perdido e saiba o que você precisa
trabalhar para se recuperar das armadilhas em que o
seu coração caiu.

Comente abaixo se você consegue identificar como o seu pai influencia
negativa ou positivamente os seus relacionamentos até hoje. ▼ #Desafio


Roberta Dias Entrevista Juliana da Mata | Bem Resolvida no Amor | Vídeo #3

Você conhece a história do barco?

A história do barco faz uma analogia aos nossos
relacionamentos, em especial, quando pulamos de
relacionamento em relacionamento sem dar tempo
ao coração de se recuperar. Tudo por carência.

Isso já aconteceu com você? Ainda acontece?

Acho que toda mulher já passou pelo menos uma
vez por isso na vida, de ainda estar ferida do último
relacionamento e se abrir com outra pessoa.

Só pra curar a carência, só pra eliminar
o medo de ficar sozinha…

Na água… ou no barco?

Onde é melhor?

Tem mulher que não sabe ficar na água,
e prefere pular de barco em barco… mas o que ela
não sabe, é que agindo dessa forma ela não dará tempo
para que o homem ideal com as características
que ela deseja apareça.

E isso é péssimo para quem quer encontrar
alguém pra vida toda.

Essa é a entrevista Nr #3 da nossa série, e no
vídeo de hoje eu perguntei pra Juliana da Mata quais
são os maiores erros que impedem as mulheres de
conquistar o parceiro ideal (o erro #7 é fatal).

A Juliana atualmente mora na Austrália e
também trabalha com o desenvolvimento de mulheres
e seus relacionamentos. Ela gravou gentilmente essa entrevista pra
você, mulher que deseja saber cada vez mais sobre si mesma
e sobre seus relacionamentos, então não deixe de assistir!

E você, já cometeu algum dos 7 erros que a Juliana citou?
Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe esse vídeo com a sua
amiga que vive pulando de barco em barco! ▼


Roberta Dias Entrevista Márcia Luz | Bem Resolvida no Amor | Vídeo #2

Será que as mulheres sabem dizer ‘NÃO’ ?!

A verdade é que desde os tempos das cavernas, as mulheres foram ensinadas e cuidar do lar e da prole, mas até hoje elas carregam esse “fardo”. Acostumadas a dizer SIM, as mulheres muitas vezes perdem o respeito merecido e acabam sendo vistas como uma espécie de “faz-de-tudo”.

O que muitas mulheres não percebem é que esse comportamento “automático” do dizer SIM pra tudo, trás grandes consequências para as nossas vidas, em especial para os nossos relacionamentos amorosos. Ele abaixa a nossa auto-estima, faz com que os outros sempre esperem tudo da gente, e ainda faz com que muitas vezes percamos o respeito perante o próximo.

Na entrevista de hoje eu tenho o prazer de dividir com você um pouco das experiências de alguém que já trabalha a 23 anos com o desenvolvimento de pessoas, em especial, de mulheres. A Márcia Luz compartilha excelentes dicas nessa entrevista, inclusive ela vai ensinar pra você mulher, a “semana do NÃO”; um exercício prático pra você começar a implementar em casa (ou até mesmo com o seu chefe, no trabalho) e ir trabalhando a sua auto-estima pouco a pouco…

Se é possível fazer isso sem perder o marido ou o emprego?! Claro!

A Márcia Luz deu ótimas dicas de como se fazer isso.

Veja a entrevista e deixe o seu comentário abaixo. Aplique a “semana do NÃO” em sua casa e volte aqui para nos contar como se sentiu.


Roberta Dias Entrevista Nara Muller | Bem Resolvida no Amor | Vídeo #1

Você sabe o que é um “relacionamento-bomba-relógio”?

Não?

Eu já explico… Um relacionamento-bomba-relógio é aquele que quando começa já pode acabar a qualquer momento. E é isso que acontecia com a Nara Muller, a nossa entrevistada de hoje.

Nessa entrevista ela nos conta como seus relacionamentos eram sempre repetitivos no sentido negativo da coisa e como ela foi se descobrindo até virar o jogo.

Como ela nos conta nessa entrevista, ela mesma percebeu que cada novo relacionamento que começava não tinha chance alguma de dar certo, e sabia que a qualquer momento aquele relacionamento ia terminar, e ela ia começar outro, que ia terminar também… e assim em diante.

A sacada pra resolver este problema é bem simples e está bem mais próxima do que você imagina. Veja nessa entrevista como ela encontrou a solução por acidente.

Ah, ela também conta nessa mesma entrevista como fez para diminuir pela metade as dores de uma bursite que se agravou quando ela estava em São Paulo – no meio de 400 pessoas em um congresso (as pessoas que olhavam pra ela deviam achar que ela era doida, rs), e usando a mesma solução que ela descobriu sem querer vasculhando pela internet.

Cansada de relacionamento após relacionamento que nunca davam certo, hoje ela se conhece muito bem e vai dividir com a gente como ela passou por esse processo de auto-conhecimento, de desenvolvimento pessoal, etc.

Se você está sempre buscando como melhorar os seus relacionamentos, é sempre legal ouvir as experiências dos outros! 😉

E você, como tem solucionado os problemas em seus relacionamentos? Deixe o seu comentário abaixo e também compartilhe as suas experiências! ▼


Rafael Zen fala sobre o Complexo de Cinderela | Entrevista #01

Você é daquelas que ainda duvidam que a EFT realmente funciona para relacionamentos?

É natural que as pessoas se sintam céticas, quando tratamos esse assunto. Afinal, não é porque eu sou terapeuta de EFT que eu também não ache a técnica um pouco estranha.

Para te ajudar a entender melhor as nuances que afetam os seus relacionamentos, eu vou divulgar pelos próximos dias uma série de entrevistas com pessoas, ou que tiveram as suas vidas transformadas pela EFT, ou que usaram a EFT para transformar as vidas de outras pessoas – em especial, falaremos sobre relacionamentos amorosos.

E pra abrir essa série com chave de ouro, eu convidei o Rafael Zen pra conversar um pouco com a gente.

Ele dispôs carinhosamente de seu tempo, para nos dar dicas valiosíssimas que você não pode perder. Assista agora mesmo essa entrevista com o Rafael Zen.

O Rafael também é terapeuta de EFT, e nessa entrevista ele nos conta que a maioria de seus clientes, são mulheres. Mulheres que vão até ele em busca de uma solução para os “problemas do coração” ♥ (é claro que estamos falando sobre relacionamentos aqui, não é meninas?!).

A entrevista está muito interessante. Quem diz que os homens não são capazes de entender as mulheres, é porque ainda não conhece o Rafael.

Sério.

O jeito como o Rafael nos coloca – mulheres, para entender as coisas, torna todo o nosso entendimento mais fácil. Cada informação que ele dá, pode surpreendentemente despertar aquele “click” que falta em sua mente, que fará você enxergar como tudo sempre esteve tão próximo de você, tão debaixo do seu nariz e você nunca percebeu.

Segundo o Rafael, a maioria das mulheres que chegam até ele não se dão conta de que os parceiros que você atrai, são um espelho de você mesma. E isso faz total sentido.

Pense bem, na vida, se somos uma pessoa boa e gentil, a tendência é que ao nos relacionar com amigos e outras pessoas, até mesmo na rua, é que conheçamos pessoas assim também, ou que elas nos retribuam mesmo que momentaneamente da mesma maneira.

Com sentimentos opostos também é assim. Se somos pessoas hostis, passaremos a atrair pessoas hostis. Se somos ignorantes e faltamos com respeito para com o próximo, a tendência é que o próximo passe a retribuir da mesma maneira. Por isso concluímos que o outro é sempre um reflexo, daquilo que somos. A partir de hoje, passe a reparar isso em seu parceiro, em seus relacionamentos – e depois me diga.

Em um relacionamento que começa bem, quando um dos lados começa a trair ou a tratar com falta de respeito e ignorância, por mais paciente e amorosa que a pessoa que está sendo prejudicada seja, uma hora ela também começará a reagir de forma a se tornar compatível com o que vem recebendo.

Por mais que você ame o seu parceiro e queira que tudo se acerte entre vocês, se as coisas continuarem ruins, a tendência é você começar a tratá-lo com falta de respeito também, com ignorância também. Afinal, se ele te trata assim, é assim que ele merece ser tratado não é mesmo?

Pelo menos é assim que muitas mulheres pensam que deve ser.

E as coisas começam a piorar quando você descobre ou desconfia que o parceiro está te traindo. Ao invés de tentar consertar ou sair desse relacionamento, você simplesmente começa a dar o troco na mesma moeda. Ou seja, aquela pessoa que começou a trair, está criando no outro, um reflexo de si mesma. Pode ser que este não seja o seu caso, mas eu vejo muitas mulheres que nunca conseguem atrair algo bom e ainda não entendem por que isso acontece. Para essas mulheres eu digo, passem a olhar para dentro de si mesmas.

Assim você pode começar a entender, que precisa ser a melhor versão de si mesma, para encontrar o melhor parceiro – aquele que você sempre procurou e jamais teve. Mas o que muitas mulheres não sabem, é que coisas que aconteceram no passado e estão entranhadas em seu subconsciente, influenciam até hoje o tipo de pessoa que você é.

Sem aceitar e compreender que você pode carregar crenças negativas dentro de si, você jamais conseguirá se trabalhar para então se tornar a melhor versão de si mesma.

E o resultado, é o que o Rafael menciona nessa entrevista: muitas mulheres sofrendo com o Complexo de Cinderela. O mais alarmante é que a maioria delas sofre ou já sofreu desse complexo e nem sabe. Se você ainda não conseguiu entender por que, só você coleciona tantos fracassos no amor, este pode ser o seu caso.

Compreenda o Complexo de Cinderela e como ele pode arruinar a sua vida amorosa para sempre. Assista agora a entrevista que eu – Roberta Dias, fiz com o Rafael Zen e entenda melhor tudo isso.

E você, como têm sido seus relacionamentos? Ainda não acredita que a EFT possa ajudar você?

Pra mim, é muito importante saber se os conteúdos que eu divulgo estão te ajudando de alguma maneira.

Agora é a sua vez! Deixe o seu comentário logo abaixo. ↓